O colar de Harmonia

Filha de Afrodite, divindade do amor, da beleza e da sexualidade na mitologia grega, e de Ares, senhor da guerra sangrenta, a deusa Harmonia, ou Concórdia para os romanos, personifica o perfeito equilíbrio entre o principio feminino e o masculino. Harmonia nasceu de uma traição, visto que Afrodite era casada (contra sua vontade) com o feio e mal-humorado Hefesto, deus da tecnologia, dos ferreiros, artesãos, escultores, do fogo e dos vulcões. Quando chega a época das bodas de Harmonia com o mortal Cadmo, regente de Tebas, Afrodite presenteia a filha com um colar. Feito por Hefesto em uma atitude de vingança, o adorno, ao mesmo tempo em que é capaz de dotar seu portador de uma beleza irresistível, carrega uma terrível maldição. Segundo alguns relatos, ao vesti-lo, Harmonia se transforma em uma serpente, e todos os que vieram a herdar a joia posteriormente acabam sendo destruídos.

Ver Colar de Harmonia em Wikipedia

Ir para

A beleza dos opostos
Elementos #sentido #propósito #aprendizado #método

Sobre o almanaque
Como ler?Inteligência sociocriativa

Envie conteúdos

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s