#Sentido, chama que me move

Leandro Oliva

 

Viver em função do que? O que nos faz seguir em frente? Que força é essa que nos tira do estado de inércia? O que nos mobiliza internamente? Por que fazemos o que fazemos? Como ocorrem nossas escolhas? E tantas e tantas questões parecem nascer de uma essência, do singular, do íntimo, da brasa de uma fogueira que cresce e diminui, mas que está sempre presente. Fogo que aquece, que transforma, que sustenta, que queima sem cessar tornando as cinzas alimento do que está sempre por vir.

Como um coração que pulsa, irriga e é irrigado, em termos físicos, vejo o sentido pulsante, latente, fervoroso. Não vejo, sinto. Está nas infinitas camadas, da epiderme às vísceras,  sobretudo entre as camadas, razão e emoção; está no vivido, na memória, no passado, no presente. Repleto de padrões que se estabelecem em relação, não estagnado, sem fixação, sempre em pulso, em vibração. E se soma. E se transforma. E sempre nos constitui. Faz o olho brilhar, o ouvido aguçar, a boca salivar, a pele suar, a mente construir, a mão agir.

Quando tudo parece sem lógica, sem narrativa, sem sentido, literalmente falando, camadas e mais camadas trazem padrões à tona que como um sol no horizonte emite raios que iluminam as ondas em movimento. E assim tudo segue. Tudo se move.

O primeiro acorde de uma música, o primeiro tempero de um prato, o terceiro sinal antes do ator entrar em cena, o primeiro impulso antes do beijo. Quantos pulsos, impulsos, rompantes que vivemos movidos por nosso sentido, pela chama que muda de cor, mas não de intensidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s